Empreender em Portugal

7 VANTAGENS DE TER A NACIONALIDADE PORTUGUESA

Atualmente, ser portador de um passaporte europeu sem dúvida é um diferencial positivo, tanto pessoalmente quanto profissionalmente. A globalização e a expansão do mercado de trabalho abrem oportunidades para além dos limites geográficos, seja com relação ao lazer, trabalho, estudo e até moradia.

Ser um cidadão integrante da União Europeia significa poder viver e trabalhar em qualquer um dos países que fazem parte do bloco, tendo assim todos os direitos e deveres de quem nasceu no Velho Mundo.

 

Atualmente, ser portador de um passaporte europeu sem dúvida é um diferencial positivo, tanto pessoalmente quanto profissionalmente. A globalização e a expansão do mercado de trabalho abrem oportunidades para além dos limites geográficos, seja com relação ao lazer, trabalho, estudo e até moradia.

Ser um cidadão integrante da União Europeia significa poder viver e trabalhar em qualquer um dos países que fazem parte do bloco, tendo assim todos os direitos e deveres de quem nasceu no Velho Mundo.


  É fácil conseguir a Nacionalidade Portuguesa?

As cidadanias mais simples e comuns de se conseguir são a portuguesa e a italiana, uma vez que é possível pular gerações para obtê-las.

Existem milhares de brasileiros com direito à nacionalidade portuguesa que sequer sabem disso. Tais pessoas englobam desde bisnetos até filhos de imigrantes portugueses que vieram para todas as regiões do Brasil com o passar do tempo.

Os luso-descendentes têm, portanto, direito a dois passaportes: o brasileiro e o português. A lei de Portugal entende como português todo sujeito que, sendo filho de pai português ou mãe portuguesa, manifeste a vontade de ser português, mesmo nascido em país estrangeiro.

Checklist – Quem tem direito a Nacionalidade Portuguesa

A legislação de Portugal abrange ainda outros casos que podem facilitar a obtenção da nacionalidade portuguesa. Dois exemplos são os filhos que tenham sido adotados por pai ou mãe de Portugal e ainda os netos e esposas de portugueses cujo matrimônio tenha acontecido antes de 3 de outubro de 1981.

 

  Vantagens de se obter a Nacionalidade Portuguesa

Diversos são os benefícios de se possuir o famoso passaporte vermelho, listamos aqui cinco deles:

  1. Ser cidadão europeu

A nacionalidade portuguesa possibilitará que você entre e saia de todos os países membros da União Europeia sem muita burocracia. A única exigência será preencher um cadastro, que pode ser realizado junto à imigração, quando precisar entrar em um país que não seja Portugal com a intenção de morar por mais de três meses.

  1. Maior qualidade de vida a um custo mais baixo

A alta qualidade de vida em diversas regiões da Europa não é novidade para a maioria das pessoas. Com a nacionalidade portuguesa em mãos, você poderá frequentar universidades, realizar cursos e desfrutar outros serviços com o mesmo preço que os europeus pagam, isto é, a um custo relativamente baixo.

O Velho Mundo, incluindo os países mais pobres, é conhecido por ter sistemas de ensino, saúde e segurança pública bastante superiores aos do Brasil e dos outros países sul-americanos. A oportunidade de morar na Europa sendo um cidadão europeu abre um grande leque de possibilidades para escolher onde viver, de acordo com seus objetivos.

  1. Passar o fim de semana em um país diferente

Morar na Europa permite que você conheça diversos países e culturas em um curto espaço de tempo. Você terá a opção de, por exemplo, passar um fim de semana em outro país e voltar a sua rotina normalmente na segunda-feira.

A boa distribuição de renda e a mobilidade favorecem que todos os cidadãos desloquem-se de modo muito fácil. Existem gigantes malhas ferroviárias, companhias aéreas acessíveis, transporte coletivo, aplicativos de carona e ainda o aluguel de carros a um custo bem baixo, que fazem do sonho de viajar pelo velho continente uma realidade para qualquer cidadão.

  1. Escolher em qual país morar sem precisar pensar no visto

Todos os cidadãos dos países integrantes da União Europeia têm a liberdade para escolher em qual país do bloco viver. Ou seja, caso as oportunidades não estejam muito boas onde você estiver, pode pensar em mudar de país e viver outra cultura sem muito estresse.

  1. Direito de passar a nacionalidade adiante

O sonho de viver fora do Brasil pode ser passado de pai para filho, depois que você conseguir a nacionalidade portuguesa. Ter duas cidadanias resultará, então, em dar a opção aos seus filhos e netos de escolher onde construírem suas vidas.

  1. Entretenimento todos os dias

Morar em terras europeias significa ter vida ativa além da rotina de trabalho. Além de você perder muito menos tempo de deslocamento durante o dia, sempre haverá um parque para praticar um esporte, ler um livro e até aproveitar um happy hour próximo a você.

A possibilidade de ter momentos de lazer todos os dias da semana é impagável e também por isso a Europa é tão encantadora. Esqueça a ideia de ser feliz somente aos finais de semana.

  1. Pagar menos impostos nos produtos

Os preços dos produtos na Europa são justos e quase sempre acessíveis. Logo, você poderá renovar o guarda-roupa, escolher um telefone móvel do seu gosto e mobiliar a casa sem muitos pesares.

Os custos baixos incluem ainda produtos do dia-a-dia, como alimentação, de limpeza, higiene pessoal e outros materiais. Isto é, sua vida no geral terá um padrão mais alto do que a do Brasil, mesmo se você não ocupar um cargo elevado no seu trabalho.

 

  Dúvidas frequentes sobre conseguir a nacionalidade:

  1. Perderei minha nacionalidade brasileira?

Não. O mito da perda da nacionalidade existe por conta da redação antiga do Artigo 12, parágrafo 4, inciso II, da Constituição Federal de 1988, que outrora afirmava: “§ 4º – Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que: […] II – adquirir outra nacionalidade por naturalização voluntária.” Esse texto foi corrigido em 1994 e hoje esta não é mais uma realidade.

  1. Receberei algum documento para provar minhas duas cidadanias?

Não existe um documento específico para comprovar as duas nacionalidades. Porém, após conseguir a nacionalidade portuguesa, o cidadão terá o direito de portar tanto o Cartão do Cidadão (identidade interna de Portugal), o passaporte português, como também os documentos de identificação nacionais brasileiros.

Ter a nacionalidade portuguesa é certamente um benefício que deve ser usufruído pelas pessoas que têm esse direito. As vantagens são inúmeras e aumentam em grande escala as chances e oportunidades de se levar uma vida com melhor qualidade. Pense sobre isso e procure saber se você também pode ser um cidadão português.

VISTO D2 – Visto

Boa sorte!

ASSESSORIA E CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM VISTO D2 

VISTO DE EMPREENDEDOR

Partilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *