Uncategorized

Como Estudar em Portugal ?

_______________________________________________________________________

Um dos motivos que contribui para esse aumento é o facto dos países terem diversos convénios para que a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seja considerada para ingresso em instituições de ensino superior portuguesas.

_______________________________________________________________________

 

Portugal tornou-se um dos países mais procurados por brasileiros que desejam estudar fora do Brasil. De acordo com o Consulado Geral de Portugal em São Paulo, o número de brasileiros que solicitaram visto para estudar no país aumentou 35% em comparação a 2016.

A comparação como ano anterior (2016) mostrou que os brasileiros representam, atualmente, 30% dos estudantes nas universidades portuguesas.

Um dos motivos que contribui para esse aumento é que Portugal e o Brasil, desde 2014, possuem vários acordos para que a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seja considerada para ingresso em instituições de ensino superior portuguesas. Já são 28 as universidades e institutos que aceitam a nota do Enem.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), Portugal conta com o aumento de vistos de estudantes.

“Assistiu-se a um aumento considerável de alunos de nacionalidade brasileira, o que poderá ser explicado, por um lado, pela concessão de bolsas e de apoio financeiro por parte do governo brasileiro após 2007 e, por outro, pelo aumento significativo de imigrantes brasileiros no país, que passaram de 23.541 em 2001 para 105.622 em 2012. O fato poderá ter contribuído igualmente para aumentar o contingente desses cidadãos no ensino superior português”, afirma o INE em comunicado.

______________________________________________________________________

Confira o passo a passo para conseguir estudar em Portugal.

Confira o passo a passo para conseguir estudar em Portugal.

Estudar em Portugal é o sonho de muitos brasileiros. A facilidade de adaptação, a mesma língua, e a cultura nos aproximam muito. Se você está planejando fazer intercâmbio em Portugal, Mestrado ou Doutorado, confira o passo a passo.

Intercâmbio em Portugal

O Erasmus é um programa de intercâmbio para quem quer estudar na Europa durante a graduação. É possível fazer um ou dois semestres em Portugal e validar essas disciplinas no Brasil. A inscrição deve ser feita na universidade em que você estuda no Brasil, muitas instituições possuem convênios e parcerias.

Durante o programa Erasmus é possível alugar um quarto em Portugal (média de € 250 por mês) ou então morar na residência universitária (média em € 90 e € 100 por mês).

Ano letivo na Europa

O ano letivo na Europa tem início sempre em setembro. O primeiro semestre do ano vai até janeiro (com pausa entre Natal e Ano Novo). Já o segundo semestre tem início em fevereiro e termina em junho. No final do ano letivo há a Queima das Fitas ou então o Enterro da Gata, que são tradições universitárias que simbolizam o fim de um ciclo de estudos.

Licenciatura, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado

Para quem pretende fazer licenciatura ou já é formado e quer fazer Mestrado em Portugal, Doutorado ou Pós-Doutorado, o primeiro passo é pesquisar todas as universidades do país e pesquisar o curso que você tem interesse. Normalmente os Mestrados são bem específicos e possuem muitas ofertas educativas. Depois de achar o curso certo, faça sua inscrição entre maio e setembro. A maioria das universidades do país possuem sistema PayPal para pagamento da taxa de inscrição e matrícula.

A entrada no Mestrado é feita através do seu histórico escolar, diploma, curriculum vitae e carta de motivação. Já no Doutoramento e Pós-Doutoramento é necessário um projeto sobre o seu tema de pesquisa, além de seus diplomas, históricos escolares e curriculum vitae. Depois de aprovado e inscrito na universidade é preciso fazer o visto para Portugal e o seguro de saúde PB4.

ortugal possui excelentes universidades tanto no Norte quanto no Sul do país. Confira a lista das melhores instituições do país.

Adaptação e aulas

As aulas são ministradas em português e muitas turmas de Mestrado são pós-laborais (depois das 18h – verifique o horário das aulas antes de fazer a inscrição). Já as aulas do Programa Erasmus são na sua maioria durante o dia. O Doutorado normalmente possui aulas nas sextas durante o dia e nos sábados (dependendo do curso e instituição de ensino).

A adaptação é muito rápida, as universidades recebem muitos alunos estrangeiros e os professores estão preparados para lidar com a multiculturalidade dentro da sala de aula.

Valores

As mensalidades para estudar em Portugal são chamadas de propinas. Os valores dependem da universidade e do curso. Para se ter uma ideia de preços, uma graduação completa custa em média € 6.000 por ano, um Mestrado € 1.050 por ano e um Doutorado € 2.750 anual em universidades públicas.

______________________________________________________________________________________

Portugal, assim como diversos países da Europa, são destinos escolhidos por brasileiros que querem estudar no exterior por um período, semestre ou por mais tempo.

Para estudar fora do seu país é possível fazer um intercâmbio durante a graduação (Erasmus), fazer um mestrado, doutorado ou pós-doutorado. Se você está planejando estudar em Portugal, saiba o que é preciso fazer:

Primeiros passos para estudar em Portugal

O primeiro passo para quem quer estudar em Portugal é fazer o passaporte e se candidatar a uma universidade ou instituição de ensino no país.

Após o pagamento da inscrição e carta de aceitação é possível entrar com o pedido de visto de estudante em Portugal. Vale lembrar que o ano letivo na Europa começa sempre em Setembro.

Preparação necessária

Todo o processo de visto de estudante em Portugal deve ser feito ainda no Brasil, assim como a Carteira de Vacinação Internacional, ter todas as vacinas em dia (principalmente a vacina antitetânica – que será solicitada na Universidade) e fazer o seguro de saúde (privado , por exemplo – ou seguro gratuito PB4).

Documentos necessários para o visto de estudante para Portugal

Para fazer o visto de estudante para Portugal, você precisará dos seguintes documentos:

  • Carta de Aceitação na Universidade e/ou Comprovante de matrícula;
  • Pedido de visto de estudo impresso e assinado para ser apresentado no Consulado de Portugal no Brasil;
  • Duas fotos 3×4 recentes iguais, com fundo branco;
  • Passaporte válido com validade superior a 6 meses;
  • Certificado de Antecedentes criminais atualizado (pode ser pedido no site da Polícia Federal);
  • Requerimento para consulta do Registro Criminal português;
  • Comprovação dos meios de subsistência em Portugal (para provar que você tem como se manter financeiramente no país – pode ser Imposto de Renda do último ano fiscal, extratos
  • bancários, e demais comprovativos financeiros);
  • Seguro de Viagem para todo o período que irá estudar;
  • Pagamento da taxa do Consulado de Portugal no Brasil (em dinheiro – R$ 450,00);
  • Comprovante de hospedagem em Portugal (pode ser a reserva de uma semana de hotel, por exemplo. Esse comprovante é necessário, caso o seu voo não seja direto, e você entre na Europa por outro país, ou seja, faça uma conexão antes de chegar em Portugal).

Após a solicitação de visto de estudante para Portugal, o seu passaporte ficará com o Consulado que irá lhe devolver por Correio. O tempo de resposta do Consulado é de 30 dias. Por isso, é preciso planejar a viagem com bastante antecedência, para dar tempo de fazer tudo certinho.

Não é possível viajar como turista e depois querer mudar o visto em Portugal, o SEF (Serviços de Estrangeiros e Fronteiras) não aceita a troca de visto.

É possível estudar e trabalhar em Portugal?

Sim. Mesmo viajando com o visto de estudante para Portugal, após você conseguir um emprego no país, é possível ir no SEF e fazer a troca do seu visto. Para isso você vai precisar de:

  • Carta convite de trabalho com seus horários e funções, assinada pelo empregador;
  • Comprovante de matrícula com seus horários da Universidade;

O SEF autorizará a troca de visto se o trabalho não atrapalhar seus horários de estudo. O seu calendário escolar não pode ser afetado pelo trabalho, ou o SEF não autorizará. Para mudar o visto o custo é de € 37,50 – para brasileiros.

Importante saber

Menores de idade (abaixo dos 18 anos) precisam de uma autorização dos pais por escrito. Sem a autorização não é possível viajar, nem mesmo com o visto em mãos. Isso deve realmente ser levado a sério, principalmente para pais separados, ou que morem em cidades diferentes. Lembre-se de pedir a autorização escrita e assinada para os dois.

Após a sua chegada em Portugal, você tem três dias úteis para se apresentar no SEF (Serviços de Estrangeiros e Fronteiras) pessoalmente e agendar um atendimento para fazer o Título de Residência – no seu passaporte o visto valerá por apenas quatro meses, já o Título de Residência vale por um ano. O valor do título de residência é de € 37,50 para brasileiros.

Órgãos legais consultados:

 

_______________________________________________________________________

Artigo e redação de Paulo Gonçalves

Jurista, consultor de negócios empresariais e imobiliários, tem vasta e comprovada experiência na assessoria de vistos para Portugal e consultoria de negócios.

Partilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *