Uncategorized

Carta de intenção: o que é, para que serve e como fazer

De modo geral, uma carta de intenção se refere a um documento usado para se candidatar a uma vaga. O intuito primordial da carta é demonstrar o seu interesse em determinada vaga de trabalho ou estágio, curso ou até uma compra de negócios.´º

Além disso, a carta de intenção também assegura ao responsável pela tomada de decisão sobre a sua competência para ocupar a vaga desejada.

Carta de intenção

Vale salientar que a carta de intenção costuma ser usada pelos estudantes que almejam entrar em uma faculdade ou outra instituição de ensino que esteja ofertando alguma bolsa de estudos para qualquer nível de pós-graduação, Mestrado ou MBA.

Além disso, esse tipo de iniciativa também pode fazer parte de um processo seletivo para estágio ou intercâmbio, por exemplo.

Quando é preciso fazer uma?

A carta de intenção pode ser solicitada no momento do ato da inscrição do seu curso, programa, ou estágio.

Como fazer uma carta de intenção?

É essencial que o interessado coloque na sua carta de intenção as razões que lhe chamaram a atenção para o curso em questão. O texto deve conter a sua experiência profissional e as razões que lhe fazem um candidato ideal.

Ao colocar a carta como requisito para aceitação, os avaliadores universitários estão concedendo uma oportunidade para que o candidato possa apresentar informações relevantes da sua trajetória.

O que deve ser escrito e o que não?

O fato é que há coisas que podem e não podem ser inseridas na sua carta de intenção. Esses cuidados são indispensáveis para que o candidato não seja eliminado por itens básicos ou falta de atenção.

Para te ajudar, confira o que deve estar e o que não deve ser adicionado ao seu texto de apresentação!

Pesquisa sobre a instituição de ensino

É fundamental que você confira quais são as solicitações para pleitear uma vaga, as expectativas aos novos alunos e a linha de pensamento da instituição. Isso vai fazer com que você tenha a capacidade de desenvolver um texto muito mais alinhado e apropriado a essa universidade.

Faça essa pesquisa de maneira abrangente e se concentrando nas fontes oficiais! Nesse artigo você pode descobrir como estudar em Portugal  e a lista dos países que oferecem estudo.

Sintetize as suas ideias

Discorra sobre os pontos mais expressivos de sua carreira e formação, além de citar a sua personalidade. Posteriormente, você pode selecionar as passagens mais marcantes para elaborar a sua carta de intenção em cima destes tópicos.

Mostre com clareza quais são as suas metas e explique porque acha que a faculdade e a aquele curso são ideais para você.

Diferenciais

É preciso salientar os seus pontos positivos e as competências que lhe diferenciam da concorrência. Nas linhas centrais, você pode tratar de suas habilidades mais importantes.

Esclareça como essa formação será útil para o seu futuro. E finalize salientando a sua vontade de ingressar na unidade de ensino e agradeça a chance de encaminhar a carta de intenção.

Personalização

Acrescente detalhes sobre você, mas sem elogios excessivos. Mantenha a coerência, a objetividade e a autenticidade. A missão de chamar a atenção sem cometer exageros não é simples, só que pode ser realizada de maneira bem-sucedida.

Se atenha aos fatos e desenvolva bem esse trecho da carta.

O que você não deve colocar na sua carta de intenção?

Após descobrir o que deve conter na sua carta de intenção, está na hora de descobrir o que não deve ter na sua apresentação:

  • Jamais escreva o nome da instituição de ensino, do curso, dos professores ou qualquer outra informação pendente de maneira equivocada;
  • Não deixe passar qualquer tipo de erro na sua carta tanto escrita em português quanto em outro idioma;
  • Não faça uso de fontes chamativas demais. Neste quesito, as fontes simples (Times New Roman, Arial, etc) dão conta do recado;
  • Não coloque outras tonalidades na sua carta de intenção que não seja a preta.

Carta de intenção em outro idioma

E possivelmente você também precisa elaborar o seu texto em outro idioma. Caso não confie plenamente no seu conhecimento, recorra a um professor e tradutor para lhe ajudar.

Mas, nunca conte somente com os tradutores online. Sequer cogite a ideia de realizar uma simples tradução pelo Google Tradutor e enviar o texto.

Exemplo de carta de intenção

“(Localidade), (dia) de (mês) de (ano).

À
(nome da instituição de ensino do seu interesse)
Departamento / Nome da pessoa responsável

Eu, (nome completo), (naturalidade), (estado civil), (formação acadêmica) e endereço atual, apresento o meu desejo de ingressar no (Programa ou Projeto pretendido). Conto com X anos de experiência de trabalho no meu segmento e meu perfil profissional se adequa ao programa por X e X razões (apresentar as suas razões).
Minha experiência profissional é destinada para este setor e as competências do curso são totalmente do meu interesse. Tenho como formação X e X (relatar as suas competências) qualificações que podem agregar ao longo do programa.

Com meus cumprimentos.

Atenciosamente,
(assinatura)
(nome)
(contatos)”

Para que serve?

Frequentemente, as universidades da Europa solicitam uma carta de intenção como uma das etapas à candidatura para estágio, intercâmbio, graduação ou especialização. Além disso, essa documentação pode receber o nome de “carta de motivação”, “Essay” ou “Personal Statement”

Confira nosso artigo completo sobre como fazer uma boa carta de motivação com modelos e dicas de como elaborar.

De modo geral, esse é um dos itens mais particulares de sua inscrição e uma oportunidade única de efetuar a sua apresentação aos recrutadores. Este é um mecanismo para mostrar mais sobre a sua personalidade e não se limitar aos números e dados de currículo e histórico.

Para aqueles que tentam uma bolsa de estudos, a criação deste texto é praticamente obrigatória e pode fazer toda a diferença entre o “sim” ou “não” para sua tentativa.

Passo a passo

O estilo da carta de intenção muda conforme as solicitações de cada universidade. Por isso, a quantidade de palavras e páginas pode variar consideravelmente. Só que a estrutura é dividida sempre do mesmo modo.

Passo 1: Começo da carta

No início, é indispensável adicionar dados sobre o lugar, a data e o destinatário (nome do avaliador, instituição ou segmento da instituição).

Com essas informações, o primeiro parágrafo precisa iniciar com sua apresentação, acrescentando nome completo, dados pessoas, endereço e estado civil.

Passo 2: Razões para inscrição

Aqui, você deve explicar as razões que lhe motivaram a tentar essa vaga. Portanto, é fundamental elencar todos os fatos que lhe auxiliem a convencer o recrutador.

A maneira como você precisa efetuar isso, é argumentando que o seu perfil se encaixa perfeitamente com as exigências. É importante salientar que o seu embasamento deve se concentrar na sua história profissional e acadêmica.

Passo 3: Qualificação

Essa fase da carta de intenção é o famoso marketing pessoal. Porque você precisa relatar as suas qualificações e talentos.

Ou seja, este é o momento de apresentar a sua competência, fluência em outro idioma, curso técnica ou especialização diferenciada. Coloque tudo no papel!

Passo 4: Disponibilidade

E quem quer alguma coisa necessita estar a disposição para executar, não é? Por isso, você deve estar apto(a) a comparecer a uma entrevista, enviar mais informações e dar conta de todas as etapas de seleção.

No encerramento, é fundamental acrescentar o seu nome, telefone, email e assinatura.

Dicas para a carta de intenção

A carta de intenção deve ser um resumo de sua história e não um apanhado profissional, como o seu currículo. Adicione todas as datas, termos e detalhes técnicos ao seu currículo. A carta é a maneira que a universidade encontra para lhe conhecer profundamente. Permita que isso aconteça.

Por fim, a carta de intenção precisa ser específica para a instituição de ensino e/ou curso pretende.

Sendo assim, não se acomode e fique enviando sempre o mesmo texto para todas as seleções. Essa personalização pode fazer a diferença e lhe garantir a vaga tão sonhada!

Vai estudar em Portugal? Confira as dicas para conseguir seu visto de estudante.

Partilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *